domingo, 14 de fevereiro de 2016

Corrupção, bancocracia e alheamento do povo


«That's the world, that's politics. That's how it works. It starts out with big promises and ends up with jackshit happening. But like the man said: "If voting changed anything, they'd make it illegal.»
Jane Bodine (Sandra Bullock) in
Green, David Gordon (realizador), e Straughan, Peter (argumento).(2015).
Our brand is crisis
.
O alheamento das novas gerações face à política tem como motivo principal a inconsequência do voto. A justificação de que os mais jovens não votam por idiossincracia egoísta e preguiçosa das suas coortes e por causa do sustento garantido pelos pais, que continua para lá do momento em que encontram um emprego geralmente mal pago, é uma ilusão autocomplacente dos políticos da corte.

O poder político foi capturado pela bancocracia - corrupção politico-bancária - que é consentida pelo povo carente de subsídios do Estado. Conhecendo a atividade deficitária do Estado, o povo conforma-se com o diktat bancário porque este financia subsídios, salários e pensões - para além da segurança, da saúde e educação, que já foram gratuitas (5.750 euros é quando custam as propinas do 1.º ano do mestrado em Gestão no público ICSTE!...).

Essa subserviência é também aceite, em Portugal, por este executivo do PS, sujeito ao acordo separado com as lideranças do Bloco e do PC, num novo paradigma a estudar pela ciência política, a que podemos chamar um Governo Telefónico: as decisões não são tomadas em conselho de ministros, mas através de consultas telefónicas de interlocutores do PS (Vieira da Silva e afins) com os seus parceiros do Bloco e do PC. Processos de decisão inconstitucionais, opacos, secretos e furtivos, que todavia, têm beneficiado da cumplicidade mediática e do sigilo comprometido da oposição bipartida. 

Como tenho realçado, a submissão do Estado ao diktat político-bancária não radica na ideologia nem na ciência económica. Não assenta na ideologia porque a direita conservadora ou a liberal sempre desconfiou dos bancos e a esquerda sempre os quis estatizados; e nem o socialismo atual, mais monetarista do que keynesiano o justifica. E não se fundamenta na ciência económica, a revisão da crise norte-americana de 1929 continua sem consenso: monetaristas alegam que foi a falta de liquidez que precipitou a crise enquando os austríacos insistem que foi o seu excesso. O helicopter money do quantitative easing parecer ter neutralizado as tensões económicas nos EUA e na Europa, face à produção asiática mais barata, mas as depreciações cambiais provocadas, primeiro no dólar e agora no euro, parecem ter tido maior efeito na economia.

A submissão do Estado ao dikat político-bancário baseia-se na corrupção: na troca de favores e rotação de agentes. Troca de favores com a injeção de dinheiro do Estado em bancos privados mediante troca de comissões e excedendo até o inside trading com a especulação bolsística, através de familiares, de amigos e de compinchas, propiciada por boatos oficiosos para gerar movimentos de pânico nos mercados ou efeitos de valorização de empresas premiadas com contratos. E rotação de agentes com a circulação de políticos, técnicos e gestores, entre a política e os bancos: quando no poder os agentes favorecem os bancos e quando deixam o executivo são recompensados com tachos faustosos para pagamento desses favores que prestaram em prejuízo volumoso do erário público.

O povo parece demasiado viciado no conforto para decidir o sacrifício de se libertar da dívida - mesmo que esse conforto seja decrescente, como é agora. Parece... Um vício só é quebrado pela abstinência, não pela redução de uso.

Não pode ser consentido o desvio de dinheiro do Estado para o socorro de bancos privados falidos pela avidez de administradores impunes por legislação protetora - 450 milhões de euros no BPP, mais 8,3 mil milhões no BPN, mais 9 mil milhões de euros no BES (só em 2015), mais 3 mil milhões no Banif, mais 90 milhões no Efisa. Nem a vigarice da entrada no capital do  empreendimento de luxo de Vale do Lobo e empréstimo (de 200 milhões?) para a ilha artificial Nautilus, que o conselho de administração (todo?) aprovou, ou a irresponsabilização dos seus administradores nas aventuras em Espanha (Banco Simeón, Luso Espanhol e Banco de Extremadura).

Socorro financeiro de milhares de milhões de euros, decididos do dia para a noite, nas costas do povo
, sob a alegação de urgência, sem que o Parlamento de pronuncie, e que descapitaliza o Estado e aumenta a carga fiscal, provocando a morte dos empresários que não conseguem solver dívidas e se penduram, dos velhos que falecem porque não têm dinheiro para aviar medicamentos, dos doentes que não são operados a tempo, a fome de crianças, ou o abandono de universidades por jovens. Quando os caçadores de taxas de juro mais altas, que saltitam para bancos de maior risco, sabem o desafio que jogam e, não devem ser financiados pelos demais.

Bancos falidos devem ser liquidados pelos tribunais
, como as demais empresas, sem que o tesouro público assuma os seus prejuízos, como não recebeu os seus lucros no tempos áureos.

O desvario da corrupção só não é maior porque a União Europeia impõe a sua tutela sobre o orçamento do país. Mas essa tutela externa ainda alheia mais os jovens adultos que percebem que a decisão política não depende do seu voto mas do Conselho Europeu, da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu (que aperta o Governo com a compra de mais ou menos obrigações portuguesas e deixa, ou não, subir as taxas de juro do país). Na União Europeia, o poder de Portugal está mais próximo de 1,5% do PIB da União do que dos 3,6 % dos votos (a UE tem agora 28 Estados), dos 2,1% do território e dos 2% da população. A circunstância do País ser melhor governado pelos estrangeiros, a partir de Frankfurt e Bruxelles, do que pelos nacionais, é ainda mais vergonhosa para nós.

Não é a fundação de um novo partido liberal que resolverá o imbroglio. O que pode resolver é continuar a luta de investigar e publicar, neste tempo de negro nublado, de guerra fria interna. Além da teimosia de ensinar e da coragem de tentar fazer. Sacrifício pelos outros. Dádiva. Manter a chama, apesar do vento e da escassez de parafina. Estar preparado. Mesmo sem saber se o nosso tempo de dirigir surge. Nem quando, nem se. Pronto!


Atualização: este poste foi atualizado às 8:02 de 15-2-2016.

70 comentários:

Anónimo disse...

O maior problema deste regime do 25 de abril é a incompetência e a corrupção dos políticos anti salazaristas e pseudo democratas que, em nome da igualdade e da justiça social, fazem leis para eles terem grandes reformas vitalícias( sem que para elas tenham descontado) enquanto que os trabalhadores ( que eles dizem defender) têm de descontar 40 anos( e ter 60 de idade) para ter direito a uma pensão de miséria.A mentira é uma arma contra a verdadeira democracia. Quem quer impor o pensamento único não é democrata. Não se percebe que alguns políticos honestos não denunciem, não se distanciem e não afastem os corruptos. Para quando a redução do nº de deputados? O fim das benesses que os sacrificados dos contribuintes têm de sustentar? A substituição dos carros de luxo por passes para os transportes públicos? Porque andam a enganar as pessoas com a propaganda do fim da crise quando estão a aumentar os impostos e a impor mais sacrifícios às pessoas? Quem acaba com esta pouca vergonha dos partidos sugadores dos dinheiros que os contribuintes têm de pagar?

JPA disse...

Caro Professor;

Está a dizer muitas verdades, qualquer dia vai preso.
Nascemos para ser escravos, essa é a realidade.

Abraço
JPA

Anónimo disse...

Só faltou o banco EFISA em que o Passos meteu lá uns milhões para o amigo Relvas

Anónimo disse...

Nem uma palavra para o PSD/CDS.
Claro!...

Anónimo disse...

O dinheiro foi para o Relvas?
Porra, só aldrabões xuxas. Ninguém roubou um tostão desse dinheiro.
A mentira é o dia a dia destes bandalhos avençados.

Anónimo disse...

No caso BPN os caras de topo eram da laranjada e quem "mamou" milhões também. Ou não?
E no Banif, segundo dizem, a laranjada da Madeira tb mamou à farta. Ou não?
E agora no Efisa, a coisa ainda está escondida, parece que a laranjada tb meteu mãos à "obra". Ou não?

Anónimo disse...

-No caso BPN "os caras" eram de vários partidos (o compadre Coelho da SLN nunca é citado, curioso) e não era assunto de Estado. Tratava-se de uma instituição particular e o argumento usado pelo governo corrupto xuxa, o do contágio, é simplesmente ridículo. Serviu para transportar para o bolso dos portugueses o prejuízo que deveria ficar no âmbito dos accionistas.
Inseriu-se plano de ataque à banca, onde o Vara serviu de pivot socretino, junto com o Berardo.
Quanto ao "segundo dizem", não sei responder, depende de quem diz e se tem razão. Farto de aldrabices para intoxicar tuga, estou eu.
O "parece" também não me convence.
Mas, de qualquer modo, o amigo devia fazer o que recomenda o seu partido, só há culpados depois de trânsito em julgado ou que não se deve debater esses assuntos na praça pública, que é uma praça que dá muito jeito para umas coisas e nenhum para outras. O segredo de justiça...and so on.
E note que eu não defendo corrupto nenhum, não alinho é em manhas de ataques de honestidade episódicos e selectivos.
Por mim, os bens de todos os políticos e autarcas deviam ser escrutinados. E tal como com Mesquita Machado, o dos familiares e os "amigos".
Deve haver muitos Santos Silvas por aí, barrigas de alugar.

Anónimo disse...

Um jornal de hoje noticia que uma vereadora da CML contratou o filho do joão Soares ( 30 anos, licenciado em História)para seu colaborador, com o vencimento de 2.800 euros. No 1º mès recebe 4.200 euros.Na "Corte" do regime não entra o filho do operário ( se quiser emprego tem de emigrar: Os empregos do Estado, empresas públicas, autarquias, etc são rateados entre " a malta do regime". Filho de operário se arranjar emprego ganha o ordenado mínimo! No regime do 25 de abril é assim. A corrupção existe, mas não há corruptos...

Anónimo disse...

Os filhos do Sampaio também se instalaram. É assim a nova monarquia. Há uma casta, a nova nobreza que se governa com o dinheiro dos outros e cavalga tartarugas nos Galápagos. Os outros é que eram fassistas.
Sabem-na toda, estes monhés e quejandos.

Anónimo disse...

Foram divulgados os seguintes vencimentos, reportados a 2015, dos seguintes membros do governo social comunista, anti salazarista, grande amigo do povo e pela IGUALDADE social: António Costa 155.332€,
adalberto Fernandes 180.000€,Mário Centeno 144.000€. O ordenado mínimo nacional é de 7.420€. Não é conhecida qualquer decisão destes esquerdistas no dentido de prescindirem de parte destes chorudos vencimentos a favor dos mais desfavorecidos. Sobre igualdade social é só conversa, conversa e muita conversa. No Estado Novo havia mais igualdade social, pois no Estado, o leque salarial era de 1 para 6. Para um ordenado mínimo de 7420€, o ordenado máximo seria de 44.520€.Quanto é que o Governo do Prof. Salazar custava aos portugueses? Quanto é que o governo do Costa custa aos Portugueses?

Anónimo disse...

Já vai no neto do D. Corleone. Vai-se a ver e anda também pela folha de pagamento do Estado uma certa enfermeira que recebe 10.000 euros por mês.

Anónimo disse...

Houve o filho de um grande do PSD que foi para o Banco de Portugal.

Anónimo disse...

Era grande? Não seria médio?
Já não se fazem avençados como antigamente. Volta Jacinto, vulgo Lídia.

Anónimo disse...

O pessoal quer putas e vinho verde!

Anónimo disse...

A outra aberração do socialismo corrupto já ia no PEC IV. Esta aberração atual vai na Errata IV.
Estas gerações e as próximas têm o futuro traçado. Vão pagar as vigarices, incompetência e burlas dos corruptos apoiados pelos dementes e assassinos do comunismo.

Anónimo disse...

pifio

Anónimo disse...

És tu, Jacinto?
Os pedófilos do xuxialismo não perdoam a este blogue ter-se tornado uma arma contra a pedofilia e a corrupção da rataria.

Anónimo disse...

A cúpula socialista é podre e contaminou o resto do partido. Nunca mais levam voto meu, nem nas autárquicas.

Anónimo disse...

Socialismo do caviar e do luxo ao mais alto nível ( essa história da igualdade social, da justiça social, etc social é só para enganar os parolos). Parece que recentemente num tribunal ficou provado um ex secretário geral e ex PM "socialista" levava uma vida de LUXO em Paris, etc, etc, etc. Como os xuxalistas gostam do luxo! O pior é a mentira e a corrupção.

Anónimo disse...

Sabemos que em Portugal, em 1974 o jornalismo foi substituído pelo jornaleirismo. Mas, o PS, apesar da imprensa corrupta assobiar para o lado, não tem nada a dizer aos portugueses sobre isto:

http://sol.pt/noticia/496193/MP-suspeita-de-encontros-para-acertar-provas-apos-detencao-de-Socrates

http://sol.pt/noticia/496231

Quem vota numa merda destas? Os parasitas da função pública? Os pretos e ciganos encostados aos impostos dos nacionais? As famiglias que vivem do encosto ao Estado e às autarquias?
E como fica o resto? Que futuro para uma nação que dorme perante o crime organizado?

Anónimo disse...

Interessante a ofensiva do socialismo corrupto no INE. Tudo bem abafado pela imprensa, como sempre.

Anónimo disse...

Este governo e os seus apoiantes querem renegociar a dívida do estado. CUIDADO! Quem tiver Certificados de Aforro, Certíficados do Tesouro e restante dívida pública é provável que perca 50%.

Anónimo disse...

enraba bem esses meninos, meu professor cabrão. se tivesses à minha frente punha já a boca nessa pichota rija que nem uma filha da puta

Anónimo disse...

http://maislusitania.blogspot.pt/2016/02/a-lista-dos-barbaros-semi-nazis-do.html

Que naipe de mostrengos!
Esta lista se outros motivos não houvesse, tornar-me-ia adverso à eutanásia. Com esta gente desmiolada a favor, qualquer causa se torna horrível.

Anónimo disse...

Os "apoiantes" deste Governo, Manuela Leite e Bagão Félix, assinaram em tempos um documento em que se defendia a renegociação da dívida.
Ainda me lembro como o Dr Abc e "sus muchachos" ficaram escandalizados quando o Sócrates disse que a divida pública era para gerir.
Vamos daqui a alguns tempos voltar a esta problemática. Não sei é se esta "casa" ainda estará aberta para receber este visitante. Acho que não!..

l.g disse...

Para todos os que forem vigilantes / trabalhadores da vigilância privada, visitem este blog útil :

http://vigilanciapt.blogspot.com

Leis, contrato colectivo de trabalho, notícias, empresas de vigilância e dumping social, links úteis entre mais.
Visite e partilhe a sua experiência, denuncie uma situação, etc.

Abraço

Anónimo disse...

Moody’s fez saber que a aprovação da versão revista do Orçamento do Estado para 2016 melhora a credibilidade fiscal e dá ao país um crédito positivo. "Notícias ao Minuto"


O PP acabou, o PSD com o coelho seguirá o mesmo caminho.

Bem, vou dar água à burra.

Anónimo disse...

Sim, a Moody's, a tal agência de odiosos liberais, capitalistas, criminosos que querem defenestrar o povo, disse que o recuo das varas de esquerda no orçamento, ajudou a credibilizar a errata.
Isto merece uns foguetes. Os comunas e os corruptos xuxas a aplicar austeridade e a festejar o seu próprio recuo e contradição.
Que maravilha.
Dá lá água à burra porque ela intelectualmente dá-te 10-0!
O Passos não acabou. Acabou foi de ganhar as eleições. O resto é um golpe sujo da comunada e do vigarista do indiano.
De pouco lhes servirá. Vai acabar em bancarrota como sempre.
Soares- 2 bancarrotas. Guterres- pré-bancarrota e fuga. Sócrates- bancarrota.
Este nem sabe o que anda a fazer, para lá de minar o poder judicial para sabotar as investigações que estavam curso.
podes dar água à burra e meter-te debaixo do burro.

Anónimo disse...

O monhé aumentou os impostos e parece que comprou ( pagaram os contribuintes)um carro de luxo da gama alta.

O Povo no desemprego ou com empregos precarios aperta o cinto. Os bancos e as empresas reduzem o pessoal. E os políticos? E a Assembleia da República? Não reduz o pessoal? Não reduz o luxo? Não reduz o número de deputados? Não, os deputados estão acima dos pagadores de impostos. Se o Dinheiro não chaga, os do costume apertam mais o cinto mas não se reduz o luxo. Em todo o lado se reduz o nº de empregados para reduzir custos ( 1000 no Novo Banco) e na Assembleia não se toca? Não se reduz o nº de deputados? Porquê? E o Povo não se indigna? Aceita todas as aldrabices e a propaganda sobre a ( falsa) igualdade social pregada pelos profetas daq incoerência e da aldrabice?

Anónimo disse...

Meu caro, que povo? O polvo tem a sua lavagem cerebral diária nos pseudo noticiários das TV's socialistas.
365 dias por ano a ouvir aldrabices e manipulações, como quer ter uma opinião pública ajustada à realidade?
Não viu como o jornal Sol mostrou as escutas ao anterior governo socialista em que o Sócrates interferia nas nomeações de directores de jornais e toda a restante imprensa assobiou para o lado?
A barragem censória é avassaladora.
Recorda-se de que quando o autor deste blogue quis publicar o livro em que desmascara o curso falso do Sócrates, nenhum editor aceitou?
Pois é! Isto é o Portugal abrileiro.

"Para os amigos, tudo. Para os inimigos, nada. Para os restantes, cumpra-se a lei!"
Capo Santos

Anónimo disse...

Tanta conversa porque a Esquerda ganhou? No tempo dos pafiosos não lhe ouvi qualquer lamento.

Anónimo disse...

ÉS UM CABRÃO DUM FASCISTA!!! PS! PS! PS!!!!!! VIVA ANTÓNIO COSTA! VIVA PORTUGAL!

Anónimo disse...

Estes insultos ao autor do blog só ficam mal a quem os profere e dão razão aos comentaristas de que no PS há muita gente baixa, gentalha poucochinho...

Anónimo disse...

Os corruptos já estão a colocar os seus peões na RTP. É preciso controlar completamente a comunicação.
A organização mafiosa quer certificar-se de que não perde o controle sobre as multidões quando a economia começar a entrar em colapso. Nesse momento é preciso que as TV's em uníssono apontem o dedo à Merkel, à crise internacional, ao governo anterior, Afonso Henriques, ao vento, à chuva, ao Cristo-rei, às fases da Lua, etc...

Anónimo disse...

Com este frio, só de luvas.

http://jornais.sapo.pt/nacional/4063

Anónimo disse...

Hoje um jornal diário dá notícias sobre o vigarista.

Anónimo disse...

Acabou o Sócrates. Acabou o blog. É pena ter entregue a um aluno.

Anónimo disse...

Alto aí. Animem-se!...
Está para sair uma notícia, claro que é sobre o Sócrates, que fará com que esta "casa" continue a "respirar".
Tem de ser o Sócrates a salvar esta coisa.

Anónimo disse...

O Lula, o Sousa da Independente, o Vara, o filho do Lula. Tanta vigarice há neste mundo...

Anónimo disse...

E a fortuna dos Soares. O pai do polvo.

Anónimo disse...

O professor Caldeira rasga mais cus que o arquitecto Taveira.

Anónimo disse...

parece haver tarados sexuais que pensam que este blog é para eles. Se ficam incomodados por se denunciar a corrupção é porque...

Anónimo disse...

Miss SWAP:
Maria Luis Albuquerque
REFER contrato SWAP esteve no tacho entre 2001-2007
Aprova contrato SWAP no IGCP das Estadas de Portugal.
Mais uma obra prima dos licenciados na Lusíada, professora de Passos, não se em Setubal se noutro local.
Sim vivemos num país que não teria défice se não fossem as tropelias e os esquemas dos políticos.

Anónimo disse...

Portugal não é diferente da Europa em corrupção, somos é tratados como os pretos deles.
Se investigar um pouco verá que a Banca em Portugal e o país em geral é tratado em Bruxelas, pela Comissão, pelo BCE e pelo Eurogrupo de forma diferente.
Basta ver o caso BANKIA, Deutsche Bank. Este último tem activos tóxicos que vamos todos ter de engolir e não apenas, senão nunca, os contribuintes alemães. O valor é de 14 vezes o PIB de Portugal. Sim, vejam nos próximos episódios as quedas em bolsa de que nunca irão recuperar. Como nós vamos ter de pagar os CDSWAP os contribuintes alemães nada pagarão, sendo ressarcidos nas perdas de produtos tóxicos, ao contrário dos lesados do BANIF e BES.

Anónimo disse...

Estou-me cagando para o que pensam em Bruxelas!
Temos uma quadrilha pêéssica que vai mamando todos os recursos do país e pedindo emprestado para nunca pagar.
Os vigaristas estrangeiros não são problema nosso até que engavetem os que cá temos.
Desculpar esta pilhagem que a esquerda corrupta faz em Portugal com essas falácias, é colaborar com o crime organizado.
Vem aí nova bancarrota socialista e é isso que deve ser objecto da preocupação dos patriotas.
As quadrilhas de esquerda dominam a comunicação social e temos um povo imbecil e amorfo que já nem reage às pilhagens.

Anónimo disse...

Simplesmente:

http://www.cmjornal.xl.pt/multimedia/videos/detalhe/socrates_perde_acao_da_mordaca_ao_cm.html?utm_campaign=Newsletter&utm_content=1498480279&utm_medium=email&utm_source=cm_bomdia_ativos

Ele bem se farta de rabiar, mas...

O crime organizado disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/opiniao/colunistas/eduardo_damaso/detalhe/quem_guarda__o_guarda.html

Aqui se vê mais uma vez o lixo socialista que a organização criminosa dissemina por tudo o que é capelinha. Do pequeno ao grande poder.
O palhaço Arons em qualquer país civilizado já tinha sido arrasado pela imprensa e forçado a desistir de mais esta mama. Um bandalho sem espinha.
É assim que os soldadinhos de chumbo, aka boys xuxas são colocados cirurgicamente para beneficiar os mafiosos em detrimento da nossa pátria. A própria Estrela Serrano faz parte desta turba de malfeitores ao serviço dos Kapos xuxas.

Mais um dia negro para Portugal um mafioso tenta safar a pele ao mega corrupto Mesquita. É para isso que serve a Maçonaria.

Anónimo disse...

Será que o pai do miúdo é um suíço português?

Anónimo disse...

contra-ataque do "PS", para "(re)equilibrar" processos em curso na justiça!?
http://rr.sapo.pt/noticia/48787/pj_faz_buscas_na_camara_de_gaia?utm_source=rss

tivéssemos "nós" uma justiça, como a q se prática no outro lado do atlântico...!

Anónimo disse...

9.3.2016

By, by Cavaco!

Anónimo disse...

Escutas do Processo Marquês partes 1, 2 e 3

https://www.youtube.com/watch?v=s3mXoao5i7o&feature=share

É rir, pessoal, é rir... depois é chorar e reflectir bem.

Anónimo disse...

Ó Dr ABC está a demorar muito um post relativo ao Sócrates.
Vamos lá, anime a malta...

Ou então faça um acerca da múmia que saiu de Belém.

Anónimo disse...

É uma vergonha tanta hipocrisia e falta de vergonha, incluindo o pedófilo.
Depois de dizerem o pior do Prof. Cavaco Silva fazem-lhe um elogio de todo o tamanho. Esta gente não presta, não valem nada.

Anónimo disse...

Se não fosse o Prof ter pena dele nem sei como seria o seu fim.
Vocês sem o cavaquinho não serão ninguém, este não vos apara o jogo.
Este defende Portugal, estão lixados...

Ai minha burra, minha burra, mais dois coices e viva Portugal.

Anónimo disse...

"A traição à Pátria ainda é crime? 

E quem são os actuais miguéis de vasconcelos?"


ai calhinho, calhinho...

Anónimo disse...

O zé da burra é burro. O marcelinho passava férias com o ricardinho. És burro, zé da burra.

Anónimo disse...

Pois. É um dos casos em que o burro é mais inteligente que o dono.

Anónimo disse...

Olha que surpresa. Os combustíveis estão mais caros e o impostos não desceu.
O Kosta é um aldrabão de feira.
O Zé da Burra lá vai ter que se meter debaixo do burro novamente.

Anónimo disse...

para refletir!
https://oeconomistaport.wordpress.com/2016/03/08/o-bdp-e-o-governo-sabiam-do-banif-varela-comeca-a-desfazer-mais-uma-historia-da-carochinha/

Anónimo disse...

A imprensa corrupta, dominada pelo crime organizado, vai encobrindo os fracassos e contradições da geringonça estalinista/kostista.
Gás de pimenta em cima dos agricultores e polícia às catadupas para os afastar do ministério da agricultura socialista.
Desta vez os sindicatos comunistas e o Bloco de Esterco não estão do lado dos trabalhadores. estão contra eles.
Não tenho pena dos pobres diabos que se deslocaram a Lisboa. Tudo o que lhes aconteça é pouco. São os primeiros a dar votos ao crime organizado, convictos que os mafiosos vão subverter as leis do mercado e encher-lhes as bolsas com dinheiro dos contribuintes.
Aprenderão à sua custa. 40 anos não chegaram. Burros a criar porcos.

Anónimo disse...

Investigue-se as ligações entre a Lula brasileira e o Robalo português. Deve haver caldeirada!

Anónimo disse...

toma lá, chupa cá,
toma lá, chupa cá,
toma lá, chupa cá meu ganda cabrão,
toma lá, chupa cá.

toma lá, chupa cá,
toma lá, chupa cá,
toma lá, chupa cá meu ganda cabrão,
toma lá, chupa cá.

Anónimo disse...

https://1.bp.blogspot.com/-QXK9CTuI2CY/VuriKz0s1LI/AAAAAAAAdGk/Y9TsQkx4KsYxTI9oFC18jQnB0bCOFAN5Q/s1600/Casa%2Bdo%2BArtista.jpg

O xuxialismo dá sempre em miséria para o povo e fortuna para os timoneiros da treta.

Anónimo disse...

A corrupção no mundo animal: Polvo na Secília, Lula no Brasil e Pintos em POrtugal.

A esquerda comunista na prática: Lula no Brasil, Aquele de Angola, o tal da Coreia do Norte, etc, etc. Eles vomitam propaganda mas na prática é o que se sabe e o que se vê.

Anónimo disse...

O pasquim "Públicu" dá as notícias sobre a crise brasileira de uma forma tão retorcida que parece obra de doente mental.
A canalha que lá se acoita levou o jornal ao prejuízo crónico e ainda tem a lata de sugerir que os contribuintes deveriam pagar uma taxa para sustentar a propaganda socialista que aquele pasquim nojento produz.
Só um ex-comuna como o Belmiro, agora convertido ao capitalismo e aos salários de miséria, pode sustentar uma merda daquelas, tão inútil e sem leitores.

Anónimo disse...

a lava jato chegou em Portugal
http://www.oantagonista.com/posts/propina-para-pmdb-e-pt
http://www.oantagonista.com/posts/o-operador-do-pmdb-foi-preso
http://www.oantagonista.com/posts/urgente-25-fase-da-lava-jato

Anónimo disse...

Há por aqui muitos comentários de paneleiros até mete dó.... á paneleiros não homoxessuais..........Vão mas é levar no que é seu mas não venham aqui comentar aquilo que são ou aquilo que querem...

Anónimo disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/desporto/detalhe/cruz_acusa_madail_e_socrates__de_comprar_votos.html

Cada cavadela, cada minhoca. Não há dúvida que isto é pior que a Sicília!
O anormal do Sócrates é corrupto até debaixo de água.
Aliás, o socialismo é uma aberração, uma excrescência cancerosa.

luis barreiro disse...

Este blog deve de ser bom até o anónimo Paulo Pedroso acima comenta aqui.

Anónimo disse...

Olha que chatice, porra!
O desemprego a subir depois do fim da austeridade e da aplicação das políticas do socialismo corrupto aliado ao comunismo assassino.
A política do Passos estava errada e agora sobe o desemprego...
A geringonça xuxo-comuna vai a caminho de nova bancarrota, como é habitual.