sábado, 23 de maio de 2015

Sócrates e Costa: Prison Break



No Projeto de Programa Eleitoral do PS, de 20-5-2015 (página 6), no capítulo IV («Um Estado forte, inteligente e moderno»), ponto 1.5. («Melhorar a qualidade da democracia»), medida 1.5., que o Público revelou, pode ler-se:
«o PS defende designadamente o seguinte:
(...) A garantia de proteção e defesa do titular de cargos políticos ou públicos contra a utilização abusiva de meios judiciais e de mecanismos de responsabilização como forma de pressão ou condicionamento»
.
(Realce meu).

Ora aí está a «qualidade da democracia» do «Estado forte, inteligente e moderno» do PS de António Costa!... Quem decidirá quando é que é abusiva a utilização dos meios judiciais e quando é que existe pressão ou condicionamento através de «mecanismos de responsabilização», a partir de agora?!... Não é essa a função do juiz de instrução e, acima dele, dos tribunais da relação e supremo - para além da ação do procurador-geral da República?!...

Esta (des)medida descarada faz lembrar a desavergonhada manobra (patética, na forma denunciada) de introdução pelos socialistas no n.º 3 do art. 30.º do Código Penal, de 2007, da expressão «salvo tratando-se da mesma vítima», que pareceu mesmo à medida da redução dos crimes de abuso sexual de crianças da Casa Pias sobre a mesma criança a um crime só (ver CM, de 11-10-2007).

Esta (des)medida do projeto de programa do PS parece desnecessariamente complexa. Importa simplificá-la e aclará-la. Como o programa está em debate público, proponho uma emenda:
«O Partido Socialista propõe o seguinte:
  1. A libertação do Nélson Mandela do PS de José Sócrates do cárcere político de Évora;
  2. A aplicação, pelo ex-procurador-geral Fernando Pinto Monteiro, da tesoura às partes do processo que provocam gaguez aos arguidos;
  3. O arquivamento sumário do processo da Operação Marquês contra Sócrates, com a devolução dos milhões de «fotocópias» ao seu legítimo e excelentíssimo proprietário - e já agora a revogação do arresto dos «mil milhões de euros em imóveis» (em 18-5-2015) de Ricardo Salgado, amigo do «amigo que está em Paris» (ver CM, de 21-10-2012) e o arquivamento do processo contra este através de lei ... ordinária.
  4. A prisão do juiz Carlos Alexandre e do procurador Rosário Teixeira, tal como dos inspetores tributários e dos polícias envolvidos na Operação Marquês;
  5. A nomeação como ministra da Justiça da procuradora-geral adjunta Maria José Morgado, em cujo DIAP se arrasta há mais de três anos (!) o inquérito dos cartões de crédito rosa negro dos governos socratinos (IGCP Charge Card), aberto em fevereiro/março de 2012.
  6. A proibição de processos contra políticos do PS e os seus amigos.
E ainda a sugestão da reprise de um premonitório slogan de campanha: «Costa, Sócrates e Soares, não haverá quem os detenha!».


* Imagem editada daqui e dali.


Limitação de responsabilidade (disclaimer): José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, arguido indiciado, em 24-11-2014, pelos crimes de corrupção ativa por titular de cargo político, de corrupção ativa, de corrupção passiva para acto ilícito, de corrupção passiva para acto lícito, de branqueamento de capitais; fraude fiscal qualificada e de fraude fiscal (SIC, 26-11-2014), recluso detido preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora sob o nº 44, goza do direito constitucional à presunção de inocência até ao trânsito em julgado de eventual sentença condenatória.
As demais entidades referidas neste poste, referidas nas notícias dos média, que comento, não são arguidas ou suspeitas do cometimento de qualquer ilegalidade ou irregularidade.

71 comentários:

Anónimo disse...


«(...) a possibilidade de cumprir pena contínua de prisão na habitação com vigilância electrónica, com possibilidade de saída para trabalhar”.


Anónimo disse...

Prof. Balbino Caldeira,

Desculpe-me, mas falta aí o terceiro dente, do tridente, o Rasputin, Proença de Carvalho.

Quem sabe, o novo PGR, será Proença de Carvalho. Homem de todas as latitudes, em particular de tudo o que se refira a euros, dólares, kwanzas, renminbis e reais. Homem de todas as ligações, a Soares, a Freitas, a Júdice, a Salgado, a Mosquito e todos os Donos Disto Tudo.

Anónimo disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/eleicoes/legislativas/detalhe/marcelo_rebelo_de_sousa_defende_uma_campanha_de_afectos_do_psd_nas_legislativas.html

Descrevendo o "discurso" do Partido Socialista como "completamente contraditório", Marcelo Rebelo de Sousa destacou como "um dos pontos fracos da argumentação socialista" o "negar todos os dias aquilo que aparece já de resultados e, apesar de [segundo o PS] não haver resultados, dizer que quer acelerar o ritmo para o futuro".

Sindicato do Crime disse...

Ahahaha!
Grande sentido de humor. Mas, na realidade, o post é letal. Traduz em palavras claras, as intenções do bando.
Ahahaha!
Tal como tenho dito, não é partido, é quadrilha!

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/politica/noticia/um-transportador-de-desassossegos-1696377

O rei vai nu e a Fátima Bonifácio tem a coragem que falta à "canzoada" (Araújo dixit), e aponta o dedo na direcção certa.
O Nóvoa é um destemperado, um adolescente num corpo de velho.
Um manhoso malabarista que se colocou de cu para o ar diante de Soares, a troco de uma notoriedade que não merece. Doidos destes, cheios de fantasias esquerdistas, já repassadas e comprovadamente desastrosas, continuam a povoar a matilha política deste país.
Quando acabará esta loucura que eclodiu em 74 com os lunático do Maio de 68 e que já têm filhos, os filhos de Abril?
Quase uma bancarrota por cada década. Mas, não há emenda. A manada eleitoral de esquerda continua a eleger quem a empobrece e lhe rouba o futuro. Continuam vulneráveis aos mitos de esquerda, ainda que os bispos dessa esquerda acumulem fortunas ao mesmo ritmo que empobrecem a população.

Observatório da Vigarice disse...

"O socialismo não é uma teoria na qual se acredita, mas sim uma conspiração criminosa na qual se toma parte."

Anónimo disse...

Vou já correr subscrever essa petição do Troca-Tintas e inscrever-me na equipa do Largo do Rato.
Convém acautelar o futuro.
Quem estiver de acordo grite comigo:
-- Número 2, o Ali Bábá está contigo

Anónimo disse...


Tudo isto é muito bonito , mas a indignação não existe senão num ou outro blogue . Onde é que está o orgão de imprensa do PSD ou do CDSPP ... ou mesmo de um PCP ou de um BE para vir dar a conhecer ao Português profundo a justa sua indignação sobre estas intenções criminosas ? Porque é que os partidos não são tão lestos a reagir ao óbvio - em particular os partidos da ala governativa ? Que relutância é esta , que melindre , qual é esse escrúpulo que modera os partidos para vir a terreiro participar esta bandalhice ?

Anónimo disse...


Se calhar a canzoada só vem à mão do dono : as conferências de Imprensa são para quem paga melhor...

Anónimo disse...

É pá o Dr Abc e outros seguidores católicos devem "estar" loucos".

Então não é que a Irlanda, dos países mais católicos do planeta, votou em referendo e em massa o sim ao casamento de pessoas do mesmo sexo.

Mas claro, o Dr ABC passa ao lado desta evolução e interessa-se mais por manter a agenda do Sócrates a alimentar a sanha. Isso é que é importante para o mundo...

Anónimo disse...


A liberdade de conúbio da gayzada é o grande desígnio do PS ...

Anónimo disse...


O PS vai finalmente ser o partido das minorias....basta ler as propostas , ai , o projecto do projecto da proposta de programa de governo....

Anónimo disse...

«... "projecto de programa eleitoral". Dividido em quatro capítulos, 21 pontos e incontáveis alíneas, o projecto de programa é um sítio tão bom quanto outro qualquer para o PS semear palavras que acha cativantes (flexibilidade, proximidade, agilidade, qualidade, sustentabilidade, valências, alavancagem, dicotomia, etc.). Ao longo de 134 páginas que se lêem com o prazer com que se arranca um dente, oscila-se sem surpresas entre os grandes conceitos (a liberdade, a democracia, o sol, o vento e a água) e o detalhe maníaco (melhorar a "qualidade das emissões da RTP Internacional"). Ou entre promessas lindas (a "eficiência do Estado") e a sua contradição imediata (a criação da essencial "Unidade de missão para a valorização do Interior"). Ou entre promessas esquisitas (os direitos de "reserva da intimidade da vida privada e do bom nome") e a sua contradição imediata (a "conciliação dos mecanismos da vigilância electrónica com os de teleassistência no apoio a vítimas de violência doméstica"). Ou entre o ocultismo ("construção de equipamento e navios de suporte para O&G e Mining Offshore") e, literalmente, a arte de encher chouriços (há um "programa integrado de certificação e promoção de produtos regionais"). Ou entre a comédia farta (um "Programa subtemático para o setor [sic] do leite") e a retórica vazia ("Um mundo que nos devolva o lugar da comunidade, valorizando a vida quotidiana"). Ou entre os sintomas de amnésia (a "consolidação das contas públicas") e o orgulho no currículo (as garantias de apoios a tudo o que mexa - e principalmente não mexa - são infinitas). Por pudor, não desenvolvo "o equilíbrio de género no patamar dos 33% nos cargos de direção para as empresas cotadas em bolsa". »

Paulo Gonçalves disse...

Como seria bom que este bolg inspirasse a classe política a deixar o "politicamente correcto".....

Ao autor,um grande bem haja,pelo serviço de interesse público que proporciona a quem o lê!

Anónimo disse...

De facto, o problema dos africanos que ficam a boiar no Mediterrâneo, ou o gravíssimo problema da "devastação social" da Grécia, são assuntos menores, se comparados com esse drama existencial do casamento da panascada. Num mundo em que cada vez menos gente se casa, é importante que a panascada, vulgo a comunidade arco-iris, ou a comunidade gay, se possa casar. No fundo, as lutas da chamada Esquerda caviar, resumem-se a isto:

- Casamento para todos, incluindo os transgénicos!
- Um Iphone para toda a gente, para que não haja gente acima dos outros.

De resto, tudo fica na mesma!

Por isso, é que o Partido Trabalhista na Grã-Bretanha levou um banho, ainda que de um conservador murcho, como o Cameron.

Não aprenderam nada.

Anónimo disse...

O cinismo do socialismo. Jamais votariam na Coligação. Mas....

Esquecem que a sustentabilidade da Segurança Social será apenas para eles, não para os filhos e para os netos.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=774329

A presidente da Associação Portuguesa de Reformados e Pensionistas (APRE), Maria do Rosário Gama, afirmou hoje que a ministra das Finanças acaba de fazer um convite para que os reformados não votem na coligação PSD/CDS-PP.
Mária do Rosário Gama, dirigente socialista, falava aos jornalistas no final da primeira parte da reunião da Comissão Nacional do PS, durante a qual disse manter as suas divergências face à possibilidade de o programa eleitoral prever uma redução da taxa social única (TSU) para empregadores e trabalhadores em quatro pontos percentuais.

Anónimo disse...

"Mas claro, o Dr ABC passa ao lado desta evolução"

Usar o cu como órgão sexual é uma evolução? Humm...
Se um deles estiver com caganeira, simula que está menstruado.
Quando usarem as orelhas ou as axilas, é que vai ser um pugresso!
Os marxistas estão a ter grande sucesso ao transformar estas sociedades ocidentais em autênticos Rilhafoles.
Finge-se que dois machos ou duas fêmeas são um casal em vez de um par. Vê-se um bandalho de barbas num festival a fingir que é uma mulher e a gozar com a cara de milhões de idiotas temerosos de quebrar o politicamente correcto.
Ahahaha!
Fala-se de quotas para mulheres. Mas, se há um terceiro sexo, que é o cu, também têm direito a entrar no mercado das quotas.
E toda esta trampa demente vai sendo implantada na mente das crianças, através de pregações nas escolas e telenovelas onde já é obrigatório fazer o panegírico dos invertidos e aparece sempre um preto muito inteligente e compreensivo que deixa os europeus a milhas.
Este programa decidido no silêncio dos gabinetes vai render muitas gerações de alienados ao serviço dos experimentalistas marxistas.

Anónimo disse...


Quanto o Toni Chamuças fôr PM , o investimento no sector público vai ser tão dinâmico , que saber apanhar no cu vai ser um critério de desempate para ganhar empreitadas .

Bando de Aldrabões disse...

Nikos Vutsis, ministro do Interior, diz que o dinheiro que a Grécia tem de reembolsar ao FMI em junho - cerca de 1.600 milhões - "não será pago, porque não há" como fazer esse pagamento.

O Toino Costa não dizia que devíamos seguir os gregos?
E o Xico Anacleto dizia que o governo grego defendia mais os portugueses que o nosso governo.
Estranha-se o seu silêncio, agora que a realidade bate à porta.

Crime Organizado disse...

http://portadaloja.blogspot.pt/2015/05/os-politicos-enquanto-vitimas-da.html

O José, no "Porta da Loja!, dá mais uma achega para se perceber a artimanha do gang socretino aqui abordado no post.
Os corruptos a legislarem sobre corrupção.
Que tal referendar as leis anticorrupção?
Tipo multichoice.

1-Quero que o gatuno fique na prisa.
2-Quero que o gatuno fique em casa a beber champanhe à minha conta.
3-Quero que o gatuno seja secretário geral do PS.

Anónimo disse...

grande azia no Rato....

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=774364

Uma sondagem da Antena 3 indica que o PP espanhol terá ganhado em 11 das 13 comunidades autonómicas, ainda que em nenhuma com maioria absoluta, em grande parte devido à entrada dos emergentes.

Anónimo disse...

O PP espanhol é o partido mais votado a nível nacional, com 26,43%, com cerca de 100 mil votos de vantagem sobre o PSOE, quando estão contabilizados mais de 84% dos votos para as eleições municipais em Espanha.
Os dados oficiais do Ministério do Interior espanhol indicam que o PP (atualmente no poder) conseguiu até ao momento 4.958.884 votos nas municipais de todo o país (ou 26,43%), à frente dos socialistas do PSOE, que obtiveram 4.757.605 votos (ou 25,35%).

Anónimo disse...

Costa: "olha para o que eu digo, mas não para o que faço".

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=774352

O secretário-geral do PS afastou hoje, perante a Comissão Nacional, a possibilidade de se realizarem primárias entre os socialistas para a escolha de candidatos a deputados, mas assegurou "abertura" no processo de formação das listas.

Anónimo disse...

O Socretino II, já está imerso em lixo.

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=27&did=188334

stá instalada a confusão no Partido Democrático Republicano (PDR). No dia em que Marinho Pinto foi formalmente eleito presidente do novo partido, a assembleia-geral de militantes acabou por ser suspensa.
Momentos antes da votação para a eleição do primeiro Conselho Nacional do partido, Marinho Pinto estranhou a presença na sala de um elevado número de pessoas, que supostamente iria votar numa outra lista que não a do presidente.
Marinho Pinto teve dúvidas sobre a legalidade da situação, fez um intervalo e anunciou mais tarde que a votação já não se iria realizar, por não estarem reunidas as condições necessárias.
O PDR vai agora reelaborar os cadernos eleitorais e marcar uma nova data para a eleição do Conselho Nacional.

O Pinto já canta de Galo disse...

http://observador.pt/2015/05/24/confusao-na-assembleia-de-filiados-do-pdr-marinho-pinto-impugna-votacoes/

Pois. O Marinho Frango, ao ver que estava quase a ser vencido, acabou com a votação.
Assim, democraticamente. Decidido por ele, porque parece que o tal partido é apenas um veículo para transportar o Marinho às eleições.
Depois negoceia com o Costa um lugar na bancada.
Mas o Costa ainda tem que aprender com este Marinho.
Quando chegarmos às eleições nacionais e se a tendência for desfavorável, o Costa pode impedir as votações e relega-las para outra data. Uma data secreta. Assim, ninguém chateia.

Parece que o Marinho não gosta de pessoas religiosas. Nada que seja discriminação. Porque impedir que religiosos votem, não é discriminar. Ainda se fossem pretos ou homossexuais, seria uma discriminação horrível e insuportável.

Anónimo disse...

"A promessa não é a de que a medida venha a cair nem tão pouco que venha a ser muito alterada, mas a direção socialista admite “melhorar” a proposta de descida da TSU, que provocou críticas e dúvidas entre os socialistas. Além desta medida, o PS vai ainda rever algumas propostas."

Ehehehe!
As propostas deste bando nunca são definitivas. Quando sofrem críticas, vêm sempre dizer que não são para valer, ainda vão ser melhoradas.
Quanto à imprensa, é o que se sabe. Sempre a malhar no governo e a branquear este saco de vento.
A autoria da bancarrota também não pode ser mencionada até às eleições.

Anónimo disse...


Mais um projecto do projecto de programa de governo ? Lá vão ter que chamar a canzoada outra vez...

Kero Taxo disse...

mais uma vez no CM, Marinho Frango ataca o juiz pela prisão do gangster 44.
Ninguém esquece que ele fez parte da quadriga que ocultou as manobras de Sócrates para que ele pudesse ganhar um segundo mandato, que acabou na 3ª bancarrota socialista.
Foi este Marinho que mandou encerrar as urnas para não perder a eleição. Estranho partido onde a mesa não manda nada. É o demagogo que faz a lei.
Mas, num partido que parece um fato à medida, talhado por um alfaiate, para dar tempo de antena ao Marinho até ser convidado pelo Costa, o absurdo não tem limite.

Anónimo disse...

As capas da imprensa socialista, mais conhecida por "imprensa portuguesa", coloca em segundo plano as notícias das eleições regionais espanholas, referindo sempre que o PP perdeu votos.
O Diário de Costa, digo Diário de Noticias, coloca o PSOE e o PP como perdendo espaço para os partidos narco-syrizicos.
A vitória do PP é apresentada como uma quase derrota.
Por outro lado, no telejornal socialista da TVI, ontem, quando os resultados ainda não eram definitivos, Alberto carvalho masturbava-se sobre uma noticiada vitória do narco-partido em Barcelona e Madrid. Letras garrafais passavam em rodapé.
Verificar-se-ia depois, que tinha sido uma ejaculação precoce da redação socialista da TVI.
Apurados os resultados, a imprensa ficou murcha. Ainda não foi desta que se abriram novos rumos para a europa, quiçá o mundo.

Máfia disse...

A SIC Notícias esganiçava-se esta tarde, mostrando a ministra das finanças a falar de cortes nas pensões e como contraponto, o Costa a prometer este mundo e o outro.
As imagens que corriam eram de idosos sentados em bancos de jardim.
O mano do Ghandi sabe-a toda. Os cortes que Maria Luis Albuquerque refere, não atingem as pensões baixas, mas é o que serve para vender a banha da cobra socialista.
Onde está a imparcialidade?
Se não se sentem obrigados a ela, ponham uma mãozinha rosa no canto do ecrã para não enganar os tais velhinhos dos quais tanto se apiedam.

Anónimo disse...

Daqui ate as eleicoes vai ser assim, accao de desgaste do governo. Qualquer coisa que digam, e va de microfones, sound bytes, comentadores, etc. Ha muita coisa em jogo, dinheiro, negocios à conta dos nossos impostos, o 44 pode botar a boca no trombone, é preciso liberta-lo, o salgado não pode ir de saco. É impossível o Costa não ser o próximo primeiro ministro. Impossível. Os inocentes úteis, mais os que emprenham pelos ouvidos juntamente com os que comem do pote, conduzirão essa grande promessa de PM para destronar esses velhacos do PSD que são uns fonas e não dão dinheiro para o povo.

Anónimo disse...

44 sairá em agosto 15.

Anónimo disse...

"A Casa dos Estudantes do Império foi criada pelo regime Salazarista em 1944, na Avenida Duque D’Ávila, nº 23, Lisboa, e destinava-se a, na linguagem oficial, «enquadrar» os estudantes universitários que chegavam à capital portuguesa das antigas colónias. Um «eufemismo», lembrou-o hoje Jorge Sampaio na preleção que fez a cerca de três centenas de pessoas que marcaram presença na sala, já que o objetivo real era «controlar e vigiar» os estudantes que chegavam de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe."

Há o toque de Midas e o toque de Sampaio.
O primeiro transforma tudo em ouro; o segundo, em merda.
Segundo o bandalho socialista Sampaio, Salazar andava a vigiar os estudantes oriundos das províncias ultramarinas.
O facto de o regime lhes proporcionar estudos nas nossas universidades, uma coisa positiva, é transformado numa perseguição pela mente doente deste mentecapto que devia ter vergonha de mentir com o propósito de denegrir o Estado Novo, sem a menor preocupação de o fazer em relação ao seu país. Já que falar de pátria, no caso deste energúmeno é nitidamente exagerado.
Quem perseguia os estudantes negros era o PC, para os recrutar para os movimentos terroristas que queriam implantar ditaduras genocidas para favorecer o domínio geoestratégico soviético.
Pode ser que daqui por alguns anos se possa falar com verdade de História. Até lá, os arquivos da DGS e as toneladas de documentos do Ministério da Defesa, que os comunistas entregaram na embaixada soviética, lá ficarão encerrados pelo governo russo à espera que surja uma geração de patriotas que desmascare estes vendidos sem vergonha.
Pena que estes Sampaios não queiram experimentar o paraíso que ajudaram a criar.
Depois de mais de um milhão e setecentos mil mortos, é obra ter que ouvir estes estropiados mentais e morais.

Anónimo disse...

« O antigo director do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Coimbra, o procurador-geral Vítor Guimarães, terá garantido sigilo ao Partido Socialista (PS), no âmbito do caso da falsificação de fichas de militantes, e evitado a realização de buscas às suas instalações.»

Jornal de Notícias , 26-05-15

Eliot Ness disse...

É esta miséria que corrói o país. O socialismo está entranhado em todos os organismos.
A Justiça não tem a mínima independência. E nós pagamos os ordenados e mordomias a estes vendidos todos.
Votar PS é reforçar a influência do crime organizado.
Votar PS, em qualquer país civilizados daria 25 anos de cadeia.

Anónimo disse...

Como é descrito pelo João Sousa no blogue dos dois lados das grades, o Sócrates não cumpre regra nenhuma na prisão e usa o gabinete do diretor da prisão a seu bel-prazer para telefonar a quem quer, independentemente de qualquer restrição. Recebe quem quer fora de horas, etc.
Se isto não é indicativo de que o PS é uma organização mafiosa, dêem-me uma melhor justificação, já que não estou a ver nenhum dos outros presos gozar destas liberdades.
Nem na cadeia os socialistas usam o estatuto de igualdade que fingem promover na sociedade. Lembro um dos fundadores desta organização sinistra, que tinha uma escrava em Argel a quem nada pagava e a quem tirou os documentos para que não fugisse.

Anónimo disse...

Ai, ai, Montepio.

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca___financas/detalhe/teixeira_dos_santos_recusa_convite_do_montepio.html

"Após uma prolongada reflexão, achei por bem não aceitar o referido convite", revela Teixeira dos Santos numa nota enviada às redacções, anunciando assim que não aceitou o convite de Tomás Correia para assumir a liderança do Montepio.

Anónimo disse...

Na próxima bancarrota, o Teixeira vai ser convidado para presidir ao Banco de Portugal.
Depois admiram-se de isto ser uma piolheira.

Anónimo disse...

Espero sinceramente que o Plano da Ministra das Finanças vá avante. É imperativo cortar nas reformas actuais. Não podemos priviligiar uns em detrimento dos outros, dos jovens e dos activos.

Para falar verdade foram atribuidos valores de salários e reformas na Adm. Pública sem qualquer sustentação económica, isto desde o governo de Cavavo Silva, com os dinheiros da Europa.

É bom lembrar que as Reforma foi criadas para apoiar as pessoas no final da vida que já não podem trabalhar, e não para se reformar aos 50 anos e menos, ainda perfeitamente capazes. Cada vez mais existem pensionistas que estão há mais tempo na reforma do que na vida activa.

No caso dos idosos o Estado/contribuinte e os empréstimos pagam não só as reformas, mas também a saúde, lares, centros de dia, etc...


Anónimo disse...

A análise ao Hospital de Santa Maria (HSM), a cargo de Sónia Pires, salienta que, "apesar das melhorias registadas a partir de 2005", a unidade hospitalar "continua atravessada por fortes conflitos de interesse e atos nas zonas cinzentas ou silenciadas que se configuram como corrupção".

"A Maçonaria, a Opus Dei e a ligação a partidos políticos ainda são três realidades externas que intersetam a esfera do HSM", refere o estudo "Valores, qualidade institucional e desenvolvimento em Portugal, encomendado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, que vai ser apresentado na quinta-feira.

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2015-05-27--Hospital-de-Santa-Maria-dominado-por-interesses-da-Maconaria-Opus-Dei-e-partidos-politicos-

Bandarra disse...

Nao percebo porque teimam chamar gays aos que pegam de empurrao. Porque corruptos, seria mais razoavel chama-los cus rotos!
(Lastima falta de acentos e... de assentos!)

Anónimo disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/domingo/detalhe/cunhal-a-nu.html

A natureza do PCP a nu. Blocos de Esterco idem. Comungam do mesmo.
São estas forças subversivas, desesperadas por estabelecer uma ditadura e espezinhar os direitos dos cidadãos, que alguns milhares de portugueses colocam sistematicamente na AR
Façam contas aos prejuízos e bloqueios que desde 74 estes potenciais assassinos e torturadores causaram ao país.
A última greve dos estivadores causou mais de 1100 milhões de dano na economia de um país que tentava recuperar de uma bancarrota. A TAP já vai com mais de 1000 milhões de passivo.
É só fazer as contas como dizia o aldrabão do Guterres.
E o partido das 3 bancarrotas está a disputar o 1º lugar nas sondagens.
Os eleitores, mesmo com a contribuição de centenas de milhar de ciganos e africanos nacionalizados em catadupas e que querem viver à conta do depauperado Estado Social, ou são broncos ou masoquistas.

PS- "Estou-me cagando para" o politicamente correcto.

Anónimo disse...

«Cardeal Pietro Parolin ficou "profundamente triste com o resultado" do referendo que legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo na Irlanda. Igreja Católica tem de apostar mais na evangelização.»
Observador

O Vaticano tem muita gente culta e inteligente. Conhecem a agenda gay, sabem a quem aproveita. Há muito que a deviam ter denunciado.
Os povos não podem contar com as respectivas classes políticas. Só elegem gente desclassificada e a factura está a chegar.

Anónimo disse...

Antigamente não se podia trabalhar na função pública se já tivessemos registo criminal, hoje é o contrário sobretudo a nível das chefias e eleitos pela política... Só lá chegam se forem Muscambilheiros e cadastrados.  Veja-se o caso da CML de Lisboa, os exemplos são hilariantes.
No departamento DPSVP (Património) vejam o currículo do director, é um "exemplo". Este sr. Foi tão eficiente na doação e empandeiramento do que resta do Património municipal, que até na novíssima remodelação (já foram várias, neste executivo) que até transformaram o departamento em Direcção, sem departamento, tristemente hilariante como esta gente faz o que lhe dá na gana e depois tem cartazes onde usa a palavra "rigor".
As Hastas públicas agora são tipo concurso por carta, que serve bem para inibir e impedir muita gente de estar presente. É a transparência e a defesa do erário público no seu melhor.
Mas este sopeiro dos gangues que nos governam, comparado com o Salgado recordista da prevaricação sem prisão, ou do Bosta da escuridão que destruiu a CML e tem sido conivente com o Santana na destruição encomendada da SCML como mandam os seus patrões...afinal ainda falta privatizar totalmente o jogo, é arraia miúda e um dia também será um perú no Natal.
Talvez se deva pedir ajuda aos procuradores que condenaram o Macário para se dedicarem á CML, se o fizessem, ficariam com pena do Algarvio, será um "inocente/injustiçado" face aos giga/mega crimes do clã Bosta e Medina e C. lda. quartel de Carnide (para o bes/primo direito do salgado á data) Terreno de Alcântara dado aos Mellos (cunhado do salgado)

Anónimo disse...

Os socialistas têm o domínio da quase totalidade da imprensa, que passa por cima das suas mentiras e incoerências com manobras de diversão e empolamento de situações banais, noutras forças políticas.
O PS está disposto a empregar os meios necessários para chegar ao poder que tanto deseja, para subverter a Justiça e continuar os negócios empregando os meios do Estado e o dinheiro dos contribuintes.
A ideologia é uma táctica, um meio de mobilizar os apoiantes e racionalizar as acções criminosas.
Os que aceitam sem questionar a ideia de que o PS é um partido como os outros, não conhecem a verdadeira natureza dessa organização.
Nenhum partido neste país ou outro do primeiro mundo ousa fazer o que o PS fez com o Pedroso e faz com o Sócrates.
O Costa foi apanhado nas escutas a tentar sabotar o processo da Casa Pia.
Porque continuou a ater futuro político, tal como o Pedroso e o Ferro ou Gama?
Seria tal possível noutro partido?
Claro que não!

Anónimo disse...

Parece que a maioria dos diretores de jornais é a favor do projecto do PS, relativo à cobertura dos atos eleitorais? Porque será?

Anónimo disse...

Mais um Aristides Sousa Mendes.
E pena suspensa, claro.
Como é que estes gajos têm lata para prender um gatuno que assalta uma residência ou um supermercado, é coisa difícil de explicar.

«O embaixador português em Dacar em 2007 e 2008 foi condenado a quatro anos e meio de prisão por auxílio à imigração ilegal, corrupção passiva, abuso de poder e falsificação de documento, segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras...Os processos tratados pessoalmente pelo embaixador eram-lhe dados por senegaleses com quem mantinha relações pessoais. Estes senegaleses recebiam dos requerentes a vistos "elevadas quantias monetárias".
"Alguns dos processos eram referentes a jovens senegalesas que eram visita frequente da residência oficial do embaixador e com as quais este mantinha relações sexuais", acrescenta a nota hoje divulgada.»
http://www.cmjornal.xl.pt/cm_ao_minuto/detalhe/antigo_embaixador_portugues_em_dacar_condenado_a_4_anos_e_meio_de_prisao.html

Anónimo disse...

28 de maio de 2015 às 20:31

Parece que o devorador de senegalesas, se chama Montenegro!

Anónimo disse...


«Parece que» uma das sumidades da economia que assinam o projecto do projecto do programa do Governo é um tal de Vitor Escarreta , assessor do 44 durante os dois mandatos do engenheiro e responsável pela área económica «ultramarina» ...

Anónimo disse...

Os investigadores da Operação Marquês suspeitam que Vítor Escária, antigo assessor económico de José Sócrates, tenha sido um angariador de negócios para o ex-governante durante os seus dois mandatos e mesmo depois de ter saído do Governo. Ou seja, era ele quem, nos bastidores dos ministérios, fazia a ponte com o mundo empresarial.

Vítor Escária, um dos 12 peritos escolhidos por António Costa para fazer propostas para o próximo programa eleitoral do PS, esteve nos encontros que culminaram com a construção de habitações na Venezuela pelo Grupo Lena e fez contactos com a Presidência de Moçambique, a pedido de José Sócrates. Ao que o SOL apurou, esteve meses sob escuta e foi alvo de buscas em Março.

Escária acompanhou Sócrates desde o primeiro mandato e só saiu depois de negociar o memorando de entendimento com a troika, em 2011. No gabinete do ex-primeiro-ministro, era o assessor para a área económica, juntamente com Óscar Gaspar. A preparação das visitas ao estrangeiro estava entre as suas incumbências, pois tinham uma forte componente de negócios e contactos com empresas.

Foi o que aconteceu em 2010, quando Sócrates visitou a Venezuela. Os investigadores acreditam que esta viagem e as diligências do ex-primeiro-ministro desbloquearam o impasse entre o Grupo Lena e o regime de Hugo Chávez na adjudicação de obras. Vítor Escária fez os contactos preparatórios da visita e esteve envolvido nas negociações de protocolos de cooperação entre Chávez e Portugal. Foram então assinados 19 novos acordos com empresas portuguesas, sendo o mais ambicioso o da construção de casas nos arredores de Caracas, com a construtora Lena - que o Ministério Público suspeita ter pago milhões de euros de 'luvas' a Sócrates, nesses anos.

Ao SOL, Vítor Escária admite: “Estive envolvido no processo da Venezuela, mas só quando se dá a visita é que o Grupo Lena nos pediu apoio para a celebração do contrato. Mas foram celebrados dezenas de contratos e passaram todos pelas minhas mãos”. ( Sol , 29-05-2015 )

Anónimo disse...

Pois é.
"Isto não se aguenta", como dizem os corruptos do PS.
Há uma pressa enorme de pôr termo a esta legislatura. Se isto continua, a investigação ainda pega o Costa pelas ceroulas e lá se vai a hipótese da gatunagem dominar de novo a máquina do Estado e da Justiça.

Para desbloquear os negócios com os Lenas, imagina-se o que o Estado teve que dar em troca. Grande rede de corrupção.
Investiguem o Cagalhães. Cheira a caca também.

Anónimo disse...

Quando é que o Sócrates entra na campanha do Chamuças?

Anónimo disse...

Acabo de assistir a mais um vómito da Felgueirosa na RTP2.
Afinal o Santos Silva foi substituído por um tipo do PSD na administração de empresas implicadas em suspeitas de corrupção.
Logo, conclui-se que as vigarices entre ele e o Sócrates, são culpa do tal sucessor e claro, do PSD.
Este coiro não tem pingo de vergonha.
A RTP devia ter fechado e não sucedeu, por cobardia do governo. É um antro mafioso que só faz desinformação.

Anónimo disse...

"Hoy, nueve años después de aquellas declaraciones, las investigaciones se han parado cuando habían alcanzado casi el 75 por ciento del estudio y establece una cantidad, que no es ni mucho menos un dato final, de 435.000 asesinados por el comunismo en Rumanía. La agencia no tiene fondos para seguir con su trabajo, pero con toda probabilidad, cuando concluya sobrepasará las 600.000 víctimas, según señalan los expertos."

Quando será que os partidos do centro terão líderes com tomates para esfregar nas ventas dos dois partidos comunistas que temos na AR, as atrocidades cometidas pela seita vermelha em todos os países onde tomou o poder?
Mais de 100 milhões de mortos, fora os torturados e desaparecidos.
Lembro que o partido comunista da Coreia do Norte é uma das delegações convidadas na festa do Avante.
Porquê tanta benevolência com estes torcionários?
Porque nenhum deputado confronta os comunistas com os factos, com a realidade? Porque fingem todos que os comunistas são democratas?

Anónimo disse...

16 - Garantir a sustentabilidade da Segurança Social

O primeiro parágrafo é politica dura e pura porque mais não é que um chorrilho de mentiras.
Vejamos o primeiro parágrafo:

"Com a reforma realizada em 2007, o governo do PS retirou o sistema público de Segurança Social da zona perigosa em que a direita o havia deixado cair e deu um passo fundamental para reforçar a sua sustentabilidade a longo prazo. Por este motivo, o sistema de pensões ficou de fora do programa da troika, que não viu necessidade de tomar medidas de reforço de sustentabilidade da Segurança Social."

Mas quem governou entre 1995 e 2007?

Nos 12 anos que antecederam 2007, o PS governou 9 anos. Entre 1995 e 2002 esteve lá o Guterres e entre 2005 e 2007 o Sócrates.

Como é possível dizer que a direita meteu a SS numa zona perigosa quando quem esteve a governar foi o Guterres e o Sócrates?

Os será que, para o António Costa, o Guterres e o Sócrates são a direita?

E o que diz a Troika?

Bem sei que ninguém leu nem vai ler o Memorando de Entendimento assinado pelo Sócrates (do PS). Prova disso é que o Ricardo Costa, Irmão do António Costa, disse ainda ontem que "não diz lá nada ou quase nada sobre a Segurança Social" mas isso é totalmente mentira. Vejamos o que lá está escrito e o que o Sócrates assinou em princípios de 2011:

1.11 Reduce pensions above EUR 1,500 according to the progressive rates applied to the wages of the public sector as of January 2011, with the aim of yielding savings of at least EUR 445 million;
Afinal os cortes nas pensões não foi por vontade do Passos mas sim uma imposição do Sócrates.

http://economicofinanceiro.blogspot.pt/2015/05/estive-ler-o-programa-de-governo-do-ps.html

Anónimo disse...

E é só isto? Faltam as Contas do Estado.
Esta técnica de inundar as pessoas com pormenor é muito interessante pois evita que as pessoas vejam que falta o principal, as Contas do Estado.
Quer-se melhorar tudo mas nunca se diz o deve e o haver.
Escreve-se muito para não se dizer nada sobre o que é importante, quanto vão ser as receitas e quanto vão ser as despesas do Estado.
Como é que alguém pode dizer que vai reforçar o Estado Social, o Serviço Nacional de Saúde, o Sistema Público de Ensino e mais mil e um coisa e, ao mesmo tempo, diminuir os impostos?
Este texto faz-me lembrar a história de um mágico.

Uma história interessante sobre a WW2.
Em 1940 as forças aliadas conquistaram o porto de Tubruque que fica na Líbia, quase na fronteira com o Egipto.
Foi uma conquista importantíssima porque retirou a principal linha de abastecimento aos alemães na Batalha do Norte de África e abriu a possibilidade de abastecimento às tropas aliadas.
O problema é que o porto era todas as noites bombardeado pelos alemães que vinham da Itália.
Como medida desesperada foi pedida ajuda a um mágico famoso da altura, especialista em esconder coisas.
Chamaram-no com a missão de esconder o porto de Tubruque.
Acham que isso seria possível?

Era impossível mas o homem conseguiu mesmo!
E usou a técnica do António Costa: esconder com informação.
Desenho a poente da cidade uma linha com lâmpadas semelhante ao desenho das principais estradas de Tubruque. Depois, quando avistavam os aviões alemães apagavam as luzes da cidade e acendiam as do meio do deserto.
Como os aviões alemães voavam a grande altitude para não serem atingidos pelas anti-aéreas (e não havia GPS), quando pensavam que estavam a bombardear o porto de Tubruque, estavam a bombardear um pedaço de areia.

Com umas filadas de lâmpadas (a vermelho), o mágico escondeu o porto de Tubruque (as bombas passaram a cair nas cruzes pretas).


http://economicofinanceiro.blogspot.pt/2015/05/estive-ler-o-programa-de-governo-do-ps.html

Anónimo disse...

O Costa usou 133 páginas de pormenores.
Mas coisas totalmente maradas, são só merdas, atrás de merdas.
Alguém quer saber que o Costa vai

"Melhorar a articulação e a partilha de informação entre as todas as entidades com informação sobre os veículos ou os seus proprietários e condutores e as forças de segurança;" (p.21)?

"O PS pretende lançar um novo programa SIMPLEX que, à semelhança dos anteriores, promova a melhoria do relacionamento dos cidadãos com a Administração Pública e a redução de custos de contexto para as empresas. Desse programa constarão, designadamente, novos balcões únicos onde será possível tratar de diversos assuntos do quotidiano, organizados de acordo com as necessidades dos utentes, como um balcão único para questões respeitantes a veículos, ou o Balcão Único do Emprego." (p.26)?

"O lançamento do projeto “Sobre Rodas”, que disponibilize, num só ponto eletrónico, a informação e todas as transações e procedimentos relativos à emissão e revalidação de cartas de condução, abate de automóveis, registo de veículos, inspeções, pagamento do imposto de circulação, bem como procedimentos relativos a contraordenações, incluindo o pagamento, a identificação do condutor e a apresentação de defesa e de pedidos de pagamento em prestações, de suspensão de sanção acessória e de registo de infrações do condutor." (p.27)?

"A eficiência na utilização dos recursos passa ainda pela forma como nos deslocamos. Em especial nas cidades, é preciso, por um lado, incentivar a partilha de meios de transporte e a utilização de veículos menos poluentes (como os veículos elétricos) e, por outro lado, tornar o transporte público mais atrativo, favorecendo a intermodalidade e a complementariedade com meios suaves de transporte (como a bicicleta). Deste modo, será possível reduzir o congestionamento urbano e alcançar uma mobilidade mais eficiente, proporcionando maior conforto, rapidez e qualidade de vida com um menor consumo energético. Em síntese, uma mobilidade sustentável." (P.88)?

"Promover o desenvolvimento dum sistema universal e integrado de pagamento de mobilidade (Cartão da Mobilidade), através do qual o cidadão possa aceder a todos os serviços de transportes públicos, estacionamento, portagens, aluguer de veículos em sistemas partilhados ou carregamento de veículos elétricos;" (p.93)?

São 133 páginas disto e pior.

http://economicofinanceiro.blogspot.pt/2015/05/estive-ler-o-programa-de-governo-do-ps.html

Anónimo disse...

E como estão as contas da Segurança social?
Aquilo está completamente falido.
As contas para 2015 (RelOE2015, p. 109) indicam que a TSU é mais que totalmente esgotada pelas pensões:
TSU (Contribuições e quotizações) => 14 346 milhões€
Pensões => 15 421milhões€

Mas depois ainda há muita coisa para a SS pagar com a TSU, pelo menos
Subsídio desemprego e apoio ao emprego => 2 064 milhões€
Subsídio por doença =>392 milhões€
Complemento Solidário para Idosos => 199 milhões€
Estas 7 verbas somam "apenas" mais => 2 655 milhões€

Só considerando estas verbas, a SS já tem um défice de quase 4000 milhões€.

As contas totais da Segurança Social.
Tem uma despesa total 24 364 milhões €.
Tem uma receita (sem transferências do OE) de 16060 milhões €.

Para poder pagar as suas contas a SS precisou em 2015 de ir buscar aos impostos (IVA, IRS, ISP, etc.) 8304 milhões €.

Se o Costa diz que a SS portuguesa tem as contas equilibradas, só pode classificar a Grécia como um país com finanças públicas sólidas.

http://economicofinanceiro.blogspot.pt/2015/05/estive-ler-o-programa-de-governo-do-ps.html

Foi um passarinho que me contou... disse...

Que tal retirarem aquela senhora desequilibrada do MRPP do seu cargo vitalício e meterem lá alguém decente que comece a investigar as actividades do Consórcio Mafioso Intercontinental que liga as Máfias lulistas, sócretinas e chavistas em negócios que lesaram os Estados em biliões?

Anónimo disse...

Pergunta a ser feita ao PCP quando o PSD tiver um líder patriota e com tomates:

- Camaradas, importam-se de explicar a todo o país o que sucedeu ao Angoche e como foram assassinados todos os nossos compatriotas a bordo?

Anónimo disse...


O que é que o 44 teria dito ao geronte ? Pareceu-me tão deprimido á saída...

Anónimo disse...

O ex-ministro das Finanças de José Sócrates, Fernando Teixeira dos Santos, elogia a recondução de Carlos Costa no Banco de Portugal, contrariando aquela que é a posição dominante no PS.

“Carlos Costa foi reconduzido. Ainda bem. Uma decisão justa. Usou até ao limite os seus poderes no caso do BES. A solução fácil seria usá-lo como bode expiatório das ilicitudes de outros”, escreveu este sábado numa coluna de opinião que assina no JN.

Este tipo está lixado. estragou as trapaças do Costa e do Soares. A quadrilha do 44 vai fazer-lhe a folha.

Anónimo disse...


“Carlos Costa foi reconduzido. Ainda bem. Uma decisão justa. Usou até ao limite os seus poderes no caso do BES. A solução fácil seria usá-lo como bode expiatório das ilicitudes de outros” ( Teixeira dos Santos , Observador )

Anónimo disse...

O sobrinho do velho, E. Barroso, parece que era partner da Octapharma. Transplantes...

S.T. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
S.T. disse...

Faz sentido isso dos transplantes . Eu sempre suspeitei que o geronte sobrevivia à conta de derrames do O.E.

Anónimo disse...

O Trypas diz que os credores mostram indiferença pelo povo grego. Ahahahaha!
É o cúmulo da falta de vergonha destes mistificadores do Syrisa.
Acabam a acusar os únicos países que os ajudaram e cujo dinheiro desperdiçaram em medidas demagógicas.
Trapaceiros!

Anónimo disse...

Onyx Lorenzoni (DEM-RS) protocolou o pedido de convocação de Lula à CPI para explicar as acusações de tráfico de influência no BNDES e no esquema de corrupção da Petrobras.

“Será uma ótima oportunidade para o ex-presidente, hoje cidadão comum, explicar suas relações com o BNDES e com o clube do bilhão”, disse o deputado federal.

Será uma ótima oportunidade para Onyx emparedar o lobista da Odebrecht.

http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/05/05/lula-na-cpi-da-petrobras-onyx-lorenzoni-protocola-pedido-de-convocacao/

Anónimo disse...

Não, o Lula não é corrupto. Não, o Soares não é corrupto.

KORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRuuuuuuuuuptos!

Anónimo disse...

a sarna.

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/proenca-de-carvalho-deixa-por-completo-defesa-de-socrates-1697614

O conhecido advogado Daniel Proença de Carvalho, que durante vários anos foi o principal representante legal de José Sócrates, deixou por completo a defesa do antigo primeiro-ministro. Os últimos dois casos em que Proença de Carvalho era advogado de José Sócrates, dois processos cíveis intentados contra o jornal Correio da Manhã, foram subestabelecidos no início deste ano no colega João Araújo, que encabeça a equipa de defesa de Sócrates no processo conhecido como Operação Marquês.

Anónimo disse...

A politica deveria ser uma actividade nobre. Mas como é exercida por políticos, e não há político que se aproveite, vista ele a camisola que vestir, não será por aí que poderemos chegar a porto seguro.
Por sua vez, a democracia é outra treta que só aproveita àqueles. Àqueles, que são os políticos, e falam em democracia para enganar a malta, levando-a a pensar que é ela que detém o poder. Mas que grande vigarice! É só mais uma, entre todas as demais que os políticos engendram.
Mas uma coisa é certa: A MALTA TEM MESMO PODER, se quiser. E se quiser, corre de vez com essa canalhada toda que vive, e bem, à custa da plebe. Estamos à espera de quê?
Para governar, gerir bem o País, não é preciso ser político. É preciso, sim, saber, ser honesto e justo. S O S